CartaCampinas
Category Archives: Carta de Crônicas

  Por Luís Fernando Praga Ouviram que amar era pecado e amaram pouco, e desistiram cedo. Temeram os que amavam a seu lado e odiaram por sentirem medo. Formaram-se escravos e soldados de odiosos mais oportunistas; num mundo de valores deturpados,...

Por Luís Fernando Praga Seu pai trabalhou duro para lhe dar uma boa educação e fazer de você alguém na vida? Suas conquistas são fruto do sacrifício de seus pais e de seu próprio esforço? Você estudou demais para se formar e consolidar...

Por Luís Fernando Praga Admiro, respeito e considero seres humanos iluminados, pessoas como Dalai Lama, o Papa Francisco, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Jesus Cristo, Mãe Menininha do Gantois, Chico Xavier, Dom Helder Câmara, cada qual...

Por Luís Fernando Praga Pelo fim dos preconceitos e em nome do respeito que tenho por todos, independente do credo, sinto a necessidade de deixar clara a minha posição, muitas vezes contundente, a respeito das religiões, de Deus e da fé;...

Por Luís Fernando Praga Quem me conhece sabe que sou um caboclo trabalhador, que já vim pré-adaptado às novas reformas trabalhista e da previdência. O ofício da medicina veterinária é lindo e gratificante, entretanto é raro que se...

Por Luís Fernando Praga Era forte e enxuto o corpo preto e formoso de João Carlos. Algum desavisado poderia imaginar que tivesse sido uma criança muito bem alimentada, mas não passara de mais um menino miserável que sempre comera o mínimo...

Por Luís Fernando Praga Eu vivo dizendo que precisamos de união para reagirmos aos desmandos políticos a fim de atingirmos uma ampla e plena prosperidade social, mas, na hora de unir, sempre me posiciono à esquerda das pessoas de bem. É...

Por Luís Fernando Praga Os tempos são difíceis e confiar em político tem se mostrado um ato, com o perdão da palavra, temerário; entretanto, nosso sistema político, que sempre imunizou, que protege, mima, blinda, garante altos salários...

Por Luís Fernando Praga Vim aprendiz da vida, errando tanto… Errei demais, bem sei, ainda erro. Vi que vim ser humano, não ser santo Errei em preces, do sussurro ao berro. Errei por me guiar à luz dos egos, Errei fazendo meus ouvidos...

Por Luís Fernando Praga Sobre a sociedade em que vivemos imersos é possível uma constatação: Ela se apoia a uma estrutura hierárquica que impõe barreiras intransponíveis para que atinjamos uma situação de igualdade e justiça social. Igualdade...