CartaCampinas
Category Archives: Carta DiVersus

br.pinterest.com .Por Luís Fernando Praga. Andava preocupado com o meu país,Um lugar de gente amiga, acolhedora e feliz,Onde o ódio mata pobre e um fascista é juiz;Todo mundo nasce escravo, mas a globo não diz!Corrupção, aqui,...

pinterest.com .Por Luís Fernando Praga. Nem mais um pio!Por ódio do canarinhoO pardal quer tudo pardoE se consome sozinho,Com tanto pardal do lado…Tentou proibir o gorjeio,Truculento, frio, fera!Mas sente muito receioDo voo e...

(foto: ignatsevichserg cc) .Por Eduardo de Paula Barreto. Sou um poeta brancoDe consciência negraPorque os negros prantosTambém regam minhas letrasE porque o sal do meu suorTem a mesma corDo sal que escorreSobre a pele escuraQue como...

(imagem google sites) .Por Luís Fernando Praga. Pra mim já deu, só lhe peço que esqueça! Seja feliz, relaxe, tome um chá! Tire logo essas coisas da cabeça; Passou da hora de deixar pra lá!   Não se preocupe mais com o que está...

(foto geralt cc) .Por Luís Fernando Praga. Quando se viu o clarão acender o horizonte,Já se tornavam carvão o cedro e a aroeirinha…Cá, de longe, ninguém via o incêndio comendo o monte,Mas a fonte foi secando e era só fogo...

(imagem: romanosky77 cc) .Por Eduardo de Paula Barreto. . Dilma jogou luzes Sobre a ditadura Honrando as cruzes Das vítimas das torturas Para que jamais Voltássemos atrás No avanço civilizatório Foi a vez da vítima De forma legítima Elucidar...

.Por Eduardo de Paula Barreto. (foto suzylu cc) . A vocês que me xingaram de insano Ao longo deste conturbado ano Por eu defender a inclusão social E que me mandaram comer mortadela Com Maduro lá na Venezuela Eu desejo um Feliz Natal. . A...

(foto 12019 cc) .Por Eduardo de Paula Barreto. . A medicina não é profissão É exercício de um chamado Dado em forma de aptidão Para seres privilegiados Que enfrentam longos percursos Mesmo quando sem recursos Decidem cumprir sua missão E...

.Por Luís Fernando Praga. Um cisco entrou nos olhos da saudade, Que chora, disfarçada, os dias que viveu, Bem do meu lado, ao lado da amizade; E eu nostalgio cada amigo meu. A turma de uma infância divertida, Da rua, da sarjeta e da escola, De...

.Por Eduardo de Paula Barreto. Vejo o povo sentado Numa cratera de vulcão Balançando os pés animado Aguardando a erupção Todo mundo de mãos dadas Dando altas gargalhadas Esperando a política messiânica Mas basta diplomar o Messias Que...