CartaCampinas
Posted By: Luis Fernando
Luis Fernando

This user hasn't shared any profile information

Por Luís Fernando Praga Havia tanta paz, sem grade ou muro E a vida era o presente a ser vivido. Não havia mais medo do futuro E todo amor já era permitido. Às cinco horas, a realidade… Por ele ela era seria diferente. Vai à labuta,...

Por Luis Fernando Praga Eu quero ser melhor ano que vem E aprender o ano que passou. Não quero não sofrer, pois sei que vou, Mas quero não fazer sofrer ninguém. Que eu viva pra ter paz no coração E veja as flores apesar do espinho E a...

  Por Luís Fernando Praga É com enorme alegria mais ou menos que inicio este texto, fazendo uma pequena retrospectiva de um 2016 catastrófico, tenebroso e surpreendentemente muito louco. A coisa já começou com aquele ar de “vai...

Por Luís Fernando Praga Tenho uma filha pequena que, justo agora, infortúnio, perguntou-me o que é a “justiça”. Fiquei constrangido, mas arrisquei. “A “justiça”, filha é um produto que se compra aos pouquinhos e jamais se...

  Por Luis Fernando Praga Fidel morreu… Foi-se o mais belo e doce sonhador, um homem de pecados, não um Deus, que fez de sua ilha a sua flor, transcendendo em perfume a seu adeus. Foi-se Fidel, o homem que plantou um mundo justo,...

Por Luís Fernando Praga Como médico veterinário responsável, atesto, para devidos fins, que o senhor Bertold Brecht estava coberto de razão ao alertar para o fato de que a “cadela do fascismo” está sempre no cio e, a quem...

Por Luís Fernando Praga O que sinto agora é novo, parece o pior que eu poderia sentir. É uma tristeza resignada que se acomoda em ser triste. É sentir a esperança morta e sendo esfregada na cara por um bando de brutamontes sorridentes....

Por Luís Fernando Praga Trabalha, filho, põe as mãos na terra, Semeia a vida, traz o pão do trigo. Nos vãos do vale e nos altos da serra Transforma a Natureza em teu abrigo. Trabalha, filho, agora é teu momento, Erra e aprende, ensina...

Por Luís Fernando Praga Coleciono impressões e sentimentos que a face traz, profundos e marcados. Em meus baús há versos e momentos, imagens, ironias e pecados. Eu coleciono os brilhos nos olhares dos bichos, das paixões e do adeus, das...

Por Luís Fernando Praga Dormiam bem, em suas camas quentes, no país dos sem teto, terra e vez. Por mérito, podiam ter seus dentes e engoliram 2016. Hipócritas comuns à luz do dia, às escondidas eram bem mais lobos, compravam a notícia...