CartaCampinas
Category Archives: Coluna Flexível

Por Luís Fernando Praga Nalgum lugar ficou… Como ir sem ela? Perdi num destes passos pro passado, Numa paisagem cinza da janela, Nas cinzas de um mendigo já queimado, Nos novos pobres da nova favela. Na fé que violenta os meus ouvidos, Num...

Por Luís Fernando Praga Solicito às pessoas plenamente satisfeitas com a sociedade que não ultrapassem os limites do primeiro parágrafo. Pronto, você veio! Sua insatisfação é a única força capaz de transformar sua situação desconfortável. Você...

Por Luís Fernando Praga Alimentaram Joãozinho Patriota e seus amigos com bosta a vida toda, além de muitas gerações de seus antepassados que, acostumados, comiam tudo sem reclamar… Um dia alguém chegou com comida para alimentar...

Por Luís Fernando Praga Havia tanta paz, sem grade ou muro E a vida era o presente a ser vivido. Não havia mais medo do futuro E todo amor já era permitido. Às cinco horas, a realidade… Por ele ela era seria diferente. Vai à labuta,...

Por Luis Fernando Praga Eu quero ser melhor ano que vem E aprender o ano que passou. Não quero não sofrer, pois sei que vou, Mas quero não fazer sofrer ninguém. Que eu viva pra ter paz no coração E veja as flores apesar do espinho E a...

  Por Luís Fernando Praga É com enorme alegria mais ou menos que inicio este texto, fazendo uma pequena retrospectiva de um 2016 catastrófico, tenebroso e surpreendentemente muito louco. A coisa já começou com aquele ar de “vai...

Por Luís Fernando Praga Tenho uma filha pequena que, justo agora, infortúnio, perguntou-me o que é a “justiça”. Fiquei constrangido, mas arrisquei. “A “justiça”, filha é um produto que se compra aos pouquinhos e jamais se...

  Por Luis Fernando Praga Fidel morreu… Foi-se o mais belo e doce sonhador, um homem de pecados, não um Deus, que fez de sua ilha a sua flor, transcendendo em perfume a seu adeus. Foi-se Fidel, o homem que plantou um mundo justo,...

Por Luís Fernando Praga Como médico veterinário responsável, atesto, para devidos fins, que o senhor Bertold Brecht estava coberto de razão ao alertar para o fato de que a “cadela do fascismo” está sempre no cio e, a quem...

Por Luís Fernando Praga O que sinto agora é novo, parece o pior que eu poderia sentir. É uma tristeza resignada que se acomoda em ser triste. É sentir a esperança morta e sendo esfregada na cara por um bando de brutamontes sorridentes....