CartaCampinas
Tag Archives: Vida

Por Luís Fernando Praga Vim aprendiz da vida, errando tanto… Errei demais, bem sei, ainda erro. Vi que vim ser humano, não ser santo Errei em preces, do sussurro ao berro. Errei por me guiar à luz dos egos, Errei fazendo meus ouvidos...

Por Luís Fernando Praga Havia tanta paz, sem grade ou muro E a vida era o presente a ser vivido. Não havia mais medo do futuro E todo amor já era permitido. Às cinco horas, a realidade… Por ele ela era seria diferente. Vai à labuta,...

Por Luis Fernando Praga Eu quero ser melhor ano que vem E aprender o ano que passou. Não quero não sofrer, pois sei que vou, Mas quero não fazer sofrer ninguém. Que eu viva pra ter paz no coração E veja as flores apesar do espinho E a...

Por Luís Fernando Praga Coleciono impressões e sentimentos que a face traz, profundos e marcados. Em meus baús há versos e momentos, imagens, ironias e pecados. Eu coleciono os brilhos nos olhares dos bichos, das paixões e do adeus, das...

Por Luís Fernando Praga A gosto da vida sucedem segundas, palavras perdidas, feridas profundas, segredos eternos, pavores, infernos e a vida nos treina em estios e invernos… A gente tropeça, rasteja, peleja, flutua na esfera, almeja...

Por Luís Fernando Praga 1) E se? Se fosse só sentir… seria tanto!   2) Passeio ao interior Sou tão mais forte quanto mais ciente da grandeza de minhas fraquezas.   3) Implacável Se a vida não me transforma, me faltam...

Por Luís Fernando Praga No dia seguinte, mais murchas as flores, tristeza nas cores, com muito requinte os “são salvadores” emergem dos lodos, contando piadas e dando risada da flecha cravada na alma de todos. Mais dores no peito, mais...

Por Luís Fernando Praga Pequena coletânea da vida Se eu soubesse… Eu não pedi pra nascer! Se eu soubesse a dureza que seria, Se eu soubesse que há tanto por saber E que, de tanto, eu nada saberia…   Se eu soubesse os mistérios...

Por Luís Fernando Praga Qualé a tua?! Teu desejo é que trilhem teu caminho, E que teus dias passem, burocratas. Te afligem a entrega e o carinho… E o sereno e as serenatas. Teus medos são sorrisos e abraços, Temes que percas bens...

Por Gabriele Martins – O que é o amor hoje em dia? Não há como defini-lo por completo, nunca sequer houve um momento em que se pôde dizer “eu sei o que é o amor”. O fato é isso, de não sabermos o que é o amor, e usarmos...