O presidente Ivan Duque, representante da direita conservadora, que chegou ao poder em 2018 na Colômbia promove uma enorme violência contra a população, que saiu as ruas para protestar contra pacote econômico que retiraria mais recursos da população para promover a concentração de renda e de gastos públicos. A população saiu às ruas após dois anos de governo por comida, saúde e educação.

Há quase uma semana, a cidade de Cali, no oeste do país, foco dos protestos, é o local onde ocorreram 11 das 19 mortes confirmadas por Carlos Camargo, ombudsman de Direitos Humanos do país andino até a última segunda-feira. Cerca de 87 pessoas foram declaradas desaparecidas e podem ter sido mortas pela polícia em todo o país desde o início dos protestos.

https://twitter.com/badalonicatala/status/1389694571257401345
https://twitter.com/ChalecosAmarill/status/1389842680193093634