No próximo dia 17 de agosto, sábado, das 15h às 20h, acontece na sede do grupo Urucungos, Puítas e Quijengues, o “Reverenciando raízes”, um evento que exalta a força da mulher na manutenção e preservação de valores e que, de forma artística, expressa sua força de resistência. 

(Foto: Divulgação)

Serão entregues os Diplomas de Mérito Cultural “Guilherme de Almeida” às Mestras Rosária Antônia  (Sinhá) e Ana Maria Miranda pelas suas grandes representações à comunidade de Campinas. 

A iniciativa em conceder a honraria se justifica pelo trabalho dessas duas artistas que há mais de 30 anos vêm difundindo e democratizando a cultura brasileira. Ana Maria Miranda e Rosaria Antônia são co-fundadoras do “Grupo de Teatro e Danças Populares Urucungos Puítas e Quijengues”, fundado em 1988 pela folclorista Raquel Trindade.

O grupo é palco da cultura popular brasileira na Região de Campinas, pois mantém vivo o repertório de tradições e manifestações afro-brasileiras e é uma das principais vozes do samba de bumbo, vertente do samba rural paulista. 

Além da honraria, haverá também uma vasta programação cultural, com outros grupos culturais:

17h – Dança e Percussão Oju Obáé um grupo de dança tribal que resgata a influência da África na cultura brasileira seja na dança, na religião, na música, atitudes sociais e no porte físico.

18h – Mana Dinga é um grupo de compositoras de samba, além de instrumentistas, intérpretes e pesquisadoras que busca ampliar a visibilidade da mulher no samba.

19h – Espetáculo “SAIAS” é um espetáculo de dança que surgiu a partir das inspirações, empoderamento e auto-conhecimento do universo das danças afro-brasileiras, das vivências e experimentações.

DJ Zafirah ambientalizando o evento.

A entrada é gratuita. (Carta Campinas com informações de divulgação)

O Urucungos fica na Rua Salvador Lombardi Neto, nº 20 Vila Nova Teixeira – Campinas/SP Tel: (19) 98106.6901 

urucungos@gmail.com
facebook.com/pontodeculturaUrucungos  
instagram/urucungos 
http://urucungospuitasequijengues.blogspot.com