Nos próximos dias 22/7, sexta-feira, às 20h, e 23/7, sábado, às 16h, o espetáculo “Embarque imediato”, com Antonio Pitanga e Rocco Pitanga, será apresentado no Teatro do Sesc Campinas.

(Foto: Leto Carvalho)

O espetáculo narra o encontro entre um jovem negro doutorando brasileiro e um senhor africano, em uma sala de aeroporto internacional onde ambos encontram-se retidos por problemas com seus respectivos passaportes durante uma conexão de voo. Confinados (ou encarcerados) na sala de segurança do aeroporto, esse encontro fará com que as duas personagens tenham acesso a informações que vão mudar pra sempre suas vidas.

Dois homens estão confinados em uma sala de um aeroporto por terem perdido os passaportes durante uma conexão de voo. Ambos são negros e aguardam a liberação para poder continuar a viagem. Os 80 anos de Antônio Pitanga dão o suporte para o sábio personagem de um senhor africano. Ele é um descendente dos Agudás, os ex-escravos libertos que retornaram à África por alforrias não raras vezes compradas. Rocco interpreta um orgulhoso doutorando brasileiro que está a caminho da Alemanha para estudar Bertolt Brecht. É nesse embate entre um crítico e um defensor de aspectos da migração forçada dos africanos, e sua escravização nas Américas, que a peça se desenvolve. Embarque Imediato é também a celebração dos 80 anos de Antônio Pitanga, um artista fundamental do cinema, teatro e TV brasileira, além de uma importante voz na defesa dos direitos de negros e negras no país. E esta comemoração se estendeu ao encontro artístico com o filho, Rocco Pitanga e a presença virtual de Camila Pitanga, que dá voz aos textos em off da montagem e faz aparições em vídeo.

Embarque Imediato é uma obra que promove um debate, seguindo uma poética presente na escrita de Aldri Anunciação em que a cena é configurada de modo a apresentar diferentes pontos de vista e permitir que o espectador chegue às suas conclusões, a partir das reflexões e argumentações tecidas ao longo da cena. Marcio Meirelles se encantou pela dramaturgia desde 2016, quando dirigiu uma leitura dramática dentro do Festival Nova Dramaturgia da Melanina Acentuada, já com Pitanga. O diretor incentivou o dramaturgo a finalizar a obra para montar um espetáculo, trazendo para o palco as provocações sobre identidade, política, história e o tempo.

(Foto: Leto Carvalho)

Em cena, o debate sobre história, identidade e cultura. De acordo com o dramaturgo, “o encontro entre o personagem jovem e o personagem velho desenha-se de modo a extrapolar a ideia de conflito entre duas subjetividades. Propõe-se nesta situação dramática, mais um embate de forças. A personagem, ainda que identificada na unicidade da forma do sujeito, condensa em si diversos matizes, como um grande mosaico representativo de vozes múltiplas e de uma memória coletiva. Trabalha-se nessa peça a hipótese de que o sujeito diaspórico condensa na sua subjetividade uma multiplicidade de vozes oriundas da encruzilhada à qual ele foi inserido na história”.

Ambos personagens têm as idades dos atores, apontando também as diferenças geracionais na discussão sobre identidade que a peça apresenta. “É uma discussão extremamente real, tanto pela separação de idade, entre mais jovens e mais velhos. O desencontro entre a juventude e a maturidade. O meu personagem, assim como eu, tem uma ansiedade do presente, do agora. O personagem dele que é mais velho tem um entendimento do tempo e da subjetividade” acrescenta Rocco.

Para Aldri, em Embarque Imediato, o desejo é “ofertar ao público uma dramaturgia que traz para o centro da cena o conflito identitário do sujeito múltiplo e as consequências (positivas e negativas) dos trânsitos diaspóricos de séculos passados, assim como os deslocamentos estáticos em tempos de conectividade de redes virtuais, temática que se mostra oportuna se considerarmos a malha cultural ao qual os povos de diversos blocos continentais têm se articulado”, conclui o autor.

EMBARQUE IMEDIATO

DIREÇÃO: MARCIO MEIRELLES
ELENCO: Antônio Pitanga e Rocco Pitanga (participação gravada: Camila Pitanga)
TEXTO: ALDRI ANUNCIAÇÃO
PRODUÇÃO: FERNANDA BEZERRA

Dia 22/7, sexta, às 20h
Dia 23/7, sábado, às 16h
Teatro. R$30 R$15 R$9. 14 anos
Valores: R$ 9,00 [trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes]; R$ 15,00 [aposentado; pessoa com mais de 60 anos; pessoa com deficiência; estudante; e servidor de escola pública com comprovante] e R$ 30,00 [demais interessados]
Ingressos à venda no portal www.sescsp.org.br/campinas e nas bilheterias das unidades

(Carta Campinas com informações de divulgação)