A Feira SUB de arte impressa e publicações independentes divulgou a lista dos expositores para a 4ª. edição que acontece em 14 de setembro de 2019, em Campinas, na Biblioteca Pública Municipal ‘Professor Ernesto Manoel Zink’, das 11h às 21h, e tem entrada gratuita.

(Foto: Ricardo Lima)

A quarta edição da Feira terá um número maior de expositores do que as edições anteriores. Serão 90 expositores entre editoras, coletivos e artistas – no último ano eram 68. A feira funciona como um espaço de apresentação, distribuição e comercialização de arte impressa e publicações independentes de diferentes linguagens artísticas e formatos de impressão gráfica.  

Veja a lista dos expositores:

+UM Coletivo (SP), 2 no Telhado (SP e Belo Horizonte/MG), Alexandre Teles (SP), Amanda Miranda (Santa Bárbara d’Oeste/SP), anaiaiá (Porto Alegre/RS), André Calvão (SP), Anna Charlie (Guarulhos/SP), Annima de Mattos (SP), AQUASTRE ateliê de arte (Campinas/SP), Arte de Maria (Belo Horizonte/MG); Arthur Moura Campos (SP); Associações Insólitas (São Caetano do Sul/SP); Ateliê Nômade (Leme/SP); Ateliê Oráculo (Campinas/SP); Ateliê ReTina (Santa Maria/RS); Atelier Daniela Galanti (Campinas/SP); Banca Tatuí (SP); Besoura (SP); Borogodó Editora(SP); Carlos Rincon (Campinas/SP); Carriero (Campinas/SP); Claudia Schmidt (Campinas/SP); Coletivo Discórdia (SP); Coticoá (Santo André/SP); Cultura e Barbárie (Florianópolis/SC); Dani Akemi (São José dos Campos/SP); Devora Editorial (SP); Dublinense / Não Editora (Porto Alegre/RS); Edições Barbatana (SP); Edições Breu (SP); Edições Jabuticaba (SP e Campinas/SP); Editora Incompleta (SP); Editora Origem (Barueri/SP); Eliete Della Violla (Sorocaba/SP); Especialização Design Gráfico Unicamp (Campinas/SP); Experimentos Impressos (Canoas/RS); Figo (Campinas/SP); Flor Absurda (SP); Galeria Na Bike (SP); graficafábrica (SP); Guilherme Fonseca(Campinas/SP); gustavo inafuku (SP); Havaiana Papers (SP); Isadora Não Entende Nada (Porto Alegre/RS); Juquery Gráfico (Franco da Rocha/SP); Keila Knobel (Campinas/SP), Kinco (SP), Laboratório Torpe de Malcriações Gráficas (Vinhedo/SP); Liquido Preto (SP), Loreley Books (Santo André/SP), Lote 42 (SP), Malha Fina Cartonera (SP), Malu Bragante (Campinas/SP), Mão Negra (Porto Alegre/RS), Márcio Sno Produções (SP), Mariane Rubinato (Campinas/SP), Maringelli (SP), Marisa Martins Carvalho (Campinas/SP), Matheus Hofstatter (Campinas/SP), MESMO (Harderwijk /Holanda), Mosca Dragônica (SP), NADA∴Estúdio Criativo (Botucatu/SP), Nestor Jr (Florianópolis/SC), Neuber (Blumenau/SC), No Barbante (SP), Old Boy (Barueri/SP), Olívia AF (SP), ÔZé Editora (SP), Palavraria Coletivo Literário (SP), PAP e TIN (SP), Partes (SP), Pat Cividanes (SP), PHONTE88 (Belo Horizonte/MG), Poupée Rouge Publicações Independentes (SP), Priscila Bellotti (SP), Rafaela Jemmene (SP), Rendas Urbanas (SP), Revista Subversa (RJ), Rusvel Magazine (SP), selo doburro (SP), Sismo (Mogi das Cruzes/SP), Studio Treze (São Bernardo do Campo/SP), Thiago Bortolozzo (Campinas/SP), Vanessa Prezoto (SP), Vinícius Cruz (Campinas/SP), Vitor Pascale (SP), Xilomóvel – Ateliê Itinerante (Campinas/SP), YOYO (SP), Zarabatana Books (Campinas/SP), Zebra Amarela (Vinhedo/SP).

“O número de inscritos cresce muito a cada ano. Para esta edição decidimos aumentar o número de expositores sem, no entanto, prejudicar a circulação dos visitantes, apenas redimensionando outros espaços da biblioteca. Na curadoria, analisamos um a um dos portfólios que nos foram enviados. Buscamos identificar diferentes linguagens artísticas, conteúdo e formatos de impressão gráfica a fim de equilibrar essa proporção entre os expositores selecionados”, afirma Marcela Pacola, coordenadora da feira e uma das responsáveis pela curadoria. “Conectar esses artistas independentes com o público, oferecer visibilidade ao trabalho deles estão entre os propósitos da SUB. Este ano, vamos trazer alguns artistas cujo trabalho têm também um cunho social”, completa.

“Considero a curadoria a parte mais difícil da feira. Recebemos trabalhos incríveis, a vontade é trazer todo mundo, no entanto, temos a limitação de espaço. O equilíbrio entre diversas linguagens artísticas é um critério”, conta Fabiana Pacola Ius, coordenadora e curadora da Feira.  “Além da parte expositiva, a feira terá uma programação paralela que está sendo construída e em breve será divulgada. As atividades serão oferecidas gratuitamente ao público”.

A realização da Feira na Biblioteca Pública Municipal ‘Professor Ernesto Manoel Zink’, coincide com o mês de aniversário da biblioteca que este ano completa 73 anos.  A localização em um endereço na região central de Campinas – ao lado do prédio da Prefeitura e do Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) – contribui para democratizar o acesso e ampliar o número de visitantes da Feira SUB.  “A parceria com a Biblioteca Municipal, que acolhe a feira pelo terceiro ano consecutivo, é culturalmente muito enriquecedora. É um movimento lindo ver a biblioteca se transformando para receber visitantes e artistas que vêm de vários lugares do Brasil para participar da Feira. Enquanto desperta na maioria das pessoas uma memória afetiva, a biblioteca também surpreende aos que entram lá pela primeira vez e uma troca muito rica acontece”, comenta Fabiana Pacola Ius.

A Feira SUB é uma iniciativa do MIX estúdio criativo (www.facebook.com/mixestudiocriativo/) , de Campinas.  A edição de 2019 conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Campinas, da Secretaria de Cultura, do Instituto CPFL e da Agência Social de Notícias.

O Projeto Cultural SUB é um projeto de fomento, reflexão e articulação do circuito artístico independente da cena contemporânea. O foco principal é discutir, mostrar, criar espaço para a produção independente na área das artes visuais, assim como de outras áreas que se cruzam, se encontram ou se relacionam com as denominadas visuais e apresentar esses trabalhos para o público.

A proposta do projeto é promover um ciclo de ações composto por uma feira de arte impressa e publicações independentes, exposições, bate-papos, encontros literários, palestras e workshops que estão sendo programados.

A Feira SUB, pilar do projeto, é uma Feira anual de Arte Impressa e Publicações Independentes que acontece desde 2016 na cidade de Campinas, SP, com foco na produção independente artística e literária contemporânea. Apresenta os mais variados formatos de artes visuais e literatura, que inclui livros de artista, zines, ilustrações, gravuras, fotolivros, pôsteres a preços acessíveis. Em seu 4º ano, tem como objetivo fortalecer, incentivar e promover a produção independente. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Feira SUB 2019

Data da Feira: 14 de setembro

Horário: 11 às 21 horas

Local: Biblioteca Pública Municipal ‘Professor Ernesto Manoel Zink’ (Avenida Benjamim Constant, 1633, Centro, Campinas, SP)

Contato: oifeirasub@gmail.com e https://www.facebook.com/feirasub