A Casa de Eva inaugura em junho uma nova exposição, trazendo um dos trabalhos mais recentes da artista, doutora e professora do Instituto de Artes da Unicamp Sylvia Furegatti. A artista tem investigado, ao longo dos anos, as camadas de aproximação e processos de instauração de ações artísticas na paisagem. Seu interesse poético situa-se, portanto no interim: entre cidade e campo, entre o dentro e fora, dentre o material permanente, efêmero ou temporário. Pode-se dizer que esse conjunto de deslocamentos configuram os elementos burilados nesta nova exposição intitulada de “Pedra_Planta”.

(Foto: Sylvia Furegatti)

“Pedra e Planta” propõe um desdobramento da última ação artística de Sylvia realizada entre Paris e Campinas quando uma planta tropical é comprada na cidade de Paris e tem uma deriva por trechos da cidade. A aplicação de desenhos como os de Botânica sobre as folhas desta planta é acompanhada pela gravação de depoimentos do processo criativo em um vídeo elaborado pelo professor e diretor Noel Carvalho do Instituto de Artes da Unicamp. Assim, ação, objeto e vídeo compuseram a proposta apresentada de modo conjunto com o Seminário Internacional Espaços e Produções Culturais (Sorbonne, Unicamp e UNB) efetivado em três momentos distintos do ano de 2018. A deriva e o interesse por plantas e suas representações dadas pelo desenho são instrumentos importantes firmados nesse ano e que geram os novos trabalhos.

Serão apresentados nesta exposição 8 back lights em dois formatos distintos feitos de madeira e acrílico, bem como uma instalação com vasos de plantas sequenciados, desenhos e fotografias que portam, como sua imagem principal, o resultado de pequenas interferências na paisagem natural, ações que envolveram a coleta de folhas e pedras, arranjadas em camadas sobre o gramado ou raízes expostas de árvores. Sobre os materiais naturais coletados é aplicado um desenho e o conjunto é fotografado. As próprias folhas e pedras escolhidas determinaram o desenho que pretende, de alguma forma, dar continuidade aos seus delineamentos. A ação é provocada pelo lugar e pela residência e ali mesmo se desmancha.

Assim, o resultado final compõe um conjunto de imagens que assumem outros formatos e temporalidades no circuito e espaços expositivos aos quais estamos acostumados e volta a discutir a potência da imagem em nosso cotidiano urbano. Na exposição o que se propõe é uma parada poética que tem na natureza dado importante do trabalho e no formato final um hibrido entre ação, informação e visualidade.

A dilatação dos tempos criativos e expositivos, bem como o deslocamento constante de espaços para o trabalho artístico são elementos importantes desse trabalho que podem ser vistos nesta exposição. O texto de apresentação da mostra foi produzido pela professora e doutora Susana Dias, do LABJOR Unicamp. Susana é Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Bahia. Mestre e Doutora pela Faculdade de Educação da Unicamp, e pesquisa as potencialidades pedagógicas dos papéis (jornal, revista, internet, TV, tela do cinema, pintura, fotografia) no encontro com conceitos de Gilles Deleuze: acontecimento, fabulação e signo. Ela pauta suas investigações a partir de experimentações por entre imagens, arte, mídias, comunicação, educação, filosofia e ciências tanto na pesquisa como na criação de artefatos artísticos.

Sylvia Furegatti é professora doutora do Instituto de Artes da Unicamp onde atua como professora da área tridimensional e investiga as relações da produção artística pautadas pelos encontros entre Arte, Paisagem e Natureza. É fundadora do grupo Paralelo de Arte Contemporânea que atua com intervenções e ações artísticas urbanas e na paisagem natural.

A CASA DE EVA é um espaço independente e colaborativo de cultura e fazeres artísticos, de diálogo, aprendizagem, empreendedorismo e também de bem-estar e desenvolvimento pessoal. A CASA, situada em Barão Geraldo, Campinas, tem por objetivo criar e cultivar novos modos de (re) existência, para celebrar a pluralidade e a beleza do coletivo, através de vivências e experiências artísticas. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Exposição Pedra_Planta

Sylvia Furegatti

Instalação artística e intervenção no espaço


Abertura: 13/06 19h

Entrada: Gratuita

Visitação: todas as terças das 10h às 12h e nas quintas e sextas-feiras (exceto feriados) das 14h às 18h. Para outros horários agendar a visitação pelo email casadeeva588@gmail.com

Local: Casa de Eva – Rua Desembargador Antão de Moraes 588, Cidade Universitária II, Barão Geraldo – Campinas/SP