Em São Paulo – Até o dia 30 de julho, poderá ser vista no Espaço dos Satyros, aos sábados às 22h e domingos às 20h, a nova temporada do espetáculo “Helenas”.

O Núcleo Experimental – grupo de estudo e pesquisa cênica da Cia Os Satyros estreou “Helenas” em março desse ano sob a direção de Gustavo Ferreira e coordenação de Rodolfo García Vázquez. A peça foi construída a partir do livro Malleus Maleficarum – O Martelo das Feiticeiras, publicado em 1486, considerado a bíblia da inquisição católica e utilizado como um manual de combate aos praticantes de heresia, se tornou o guia dos inquisidores no final do século XV e séculos seguintes e seu conteúdo é um dos mais perversos e cruéis da história humana. Manual de ódio, tortura e morte.

A partir dele mais de cem mil pessoas e em sua maioria mulheres foram acusadas de bruxarias, pactos com o diabo e heresias, fazendo com que todo o período fosse conhecido como caça às bruxas.

Os reflexos dessa obra podem ser sentidos ainda nos dias de hoje e “Helenas” observa questões do feminino e quais mudanças são necessárias na educação pra que nossas meninas vivam em um mundo melhor e mais justo.

SINOPSE
“Helenas” observa questões do feminino e do comportamento em homens e mulheres do mundo atual, a partir do livro Malleus Maleficarum – O Martelo das Feiticeiras.

O grupo de estudos da Cia nasceu há aproximadamente 25 anos atrás em Portugal, quando Os Satyros ali residiam. Nessa época o Núcleo Experimental foi pra estrada com as peças da companhia e levou cultura a todos os cantos do país que os abrigava. Hoje em São Paulo o grupo fará segunda temporada de “Helenas” em cartaz desde março desse ano. Em 2016 o Núcleo Experimental Os Satyros homenageou o saudoso crítico teatral e ator Alberto Guzik (1944 – 2010), um dos criadores da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, no espetáculo “Os Dias e As Horas” com direção de Eduardo Chagas.

Com papel educador desde sua fundação em 1989, por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, a Cia de teatro Os Satyros vive um momento muito próspero. Além das peças, o trabalho social importante nos bastidores e nas oficinas livres de interpretação que todos os anos inserem dezenas de jovens na arte e os ensinam a questionar, observar e melhorar enquanto seres únicos e humanos. Em seu curriculum, Os Satyros produziram mais de 77 espetáculos, se apresentaram em 17 países e das mais de 100 nomeações, receberam 46 prêmios – incluindo os maiores do teatro brasileiro, como APCA, Shell, Mambembe, APETESP e Governador do Estado do Paraná. (Carta Campinas com informações de divulgação)

FICHA TÉCNICA
HELENAS, a partir de Malleus Maleficarum – O Martelo das Feiticeiras
Direção: Gustavo Ferreira
Coordenação: Rodolfo García Vázquez
Elenco: Alessandra Nassi, Arthur Capella, Edemi Soares Jr, Domingos Jr, Elisa Barboza, Fabricia Mangolin, Felipe Ferreira, Isabela Cetraro, Ju Alonso, Karina Bastos, Maiara Cicutt e Safira Santos.
Assistência de Direção: Diego Ribeiro
Dramaturgia: Maiara Cicutt e Fabricia Mangolin.
Cenário e Figurinos: Elisa Barboza, Ju Alonso, Maiara Cicutt, Fabricia Mangolin
Cenotécnico: Franja Cicutt
Sonoplastia: Alessandra Nassi, Felipe Ferreira, Isabela Cetraro
Iluminação: Diego Ribeiro e Gustavo Ferreira
Operadora de som: Daniel Falcão
Operador de luz: Danilo Alonso
Divulgação: Elisa Barboza e Felipe Ferreira
Assistente de Produção: Daniel Falcão
Produção Executiva: Isabela Cetraro, Karina Bastos, Edemi Soares Jr, Safira Santos.
Produção Geral: Núcleo Experimental Os Satyros

Local: Espaço dos Satyros Um – Praça Franklin Roosevelt, 214 – Consolação
Horário: Sábados às 22h e Domingo às 20h (até 30 de julho de 2017)
Duração: 50 minutos
Classificação: 16 anos
Valor do ingresso: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia-entrada)/ R$ 10,00
Telefone para reservas: 11 3258 6345 / 3255 0994
E-mail: contato.satyros@gmail.com
Site: www.satyros.com.br