CartaCampinas
Tag Archives: crônica

Por Luís Fernando Praga Tenho uma gatinha branca de 5 meses e uma filha branca, classe média, bem alimentada, de colégio particular, 7 anos de idade, que não se largam. Ontem a gata arranhou a menina, que, ao lavar os ferimentos superficiais,...

Antônio, que estudou na França gastronomia, montou seu restaurante em um bairro tranquilo de Curitiba. No começo não foi nada fácil. Uma coisa são os sonhos, outra é a batalha diária do trabalho. As coisas começaram a mudar quando ele...

Por Luís Fernando Praga Acho que todo mundo já teve um medo… Eu, por exemplo, já tive medo do “homem do saco”. Não, jovem, não procure o homem do saco no Google porque provavelmente não é desse que eu tinha medo. O “homem...

Por Luís Fernando Praga Antes de mais nada, reitero que sou um grande ignorante. Minha ignorância sempre me impedirá de me expressar com perfeição e de fazer qualquer coisa com perfeição, mas busco, profundamente, ser menos ignorante...

Por Luís Fernando Praga Solicito às pessoas plenamente satisfeitas com a sociedade que não ultrapassem os limites do primeiro parágrafo. Pronto, você veio! Sua insatisfação é a única força capaz de transformar sua situação desconfortável. Você...

  Por Luís Fernando Praga É com enorme alegria mais ou menos que inicio este texto, fazendo uma pequena retrospectiva de um 2016 catastrófico, tenebroso e surpreendentemente muito louco. A coisa já começou com aquele ar de “vai...

Por José Roberto Cabrera Já fazia alguns dias que tinha feito a primeira visita à Tia Lucinha desde que ela recobrara a consciência. Apesar do grande afeto e das histórias em comum que nos ligava, as batalhas do dia a dia, os amores, os...

Por Luís Fernando Praga Como médico veterinário responsável, atesto, para devidos fins, que o senhor Bertold Brecht estava coberto de razão ao alertar para o fato de que a “cadela do fascismo” está sempre no cio e, a quem...

Por Luís Fernando Praga O que sinto agora é novo, parece o pior que eu poderia sentir. É uma tristeza resignada que se acomoda em ser triste. É sentir a esperança morta e sendo esfregada na cara por um bando de brutamontes sorridentes....

Por José Roberto Cabrera Quase todo mundo tem uma tia de que gosta muito. Às vezes nem é tia de verdade, mas de coração. Até seus nomes expressam as características marcantes, são carinhosos. Tias Rosa, Elviras, Marias, Beneditas, Luísas...