Romper barreiras, extinguir fronteiras, desconstruir a si mesmo e ao mundo. Em turnê pelo estado de São Paulo, o espetáculo multimodal “De uma margem a outra”, com direção coreográfica de Daniela Gatti e musical de Jônatas Manzolli, explora um novo modo de criação em rede. Dança, música, literatura e tecnologia se entrelaçam num jogo poético de gestos, sons e textos. A montagem foi contemplada pelo Programa de Incentivo à Cultura do Governo do Estado (PROAC 2017). A turnê tem início nesta quinta, 28 de junho, às 12h30, no Instituto de Artes da Unicamp (IA). Na sexta (29), a apresentação será às 19h.

Baseado na estrutura literária do escritor Ítalo Calvino (1923-1985), sobretudo na contida no livro “Seis Propostas para o Próximo Milênio”, o espetáculo, protagonizado pelos bailarinos e músicos formados pela Unicamp, encena ilhas interpretativas a partir de diversos temas que criam um ‘arquipélago imaginário’. As pontes representam passagens daquilo que é fixo, compacto e denso para o mutável e leve, até alcançar o sentido de transparência, que dissolve o que é denso e dá ao espectador a ideia de permeabilidade. O pêndulo liga o tempo ao espaço, movimento e som, criando pontes entre o fixo e o mutável e passa pela construção do fixo e do imutável para o contato físico e, em seguida, para a transparência. Neste contexto, o pêndulo, mais do que um elemento cenográfico, é então levado ao palco como uma síntese do denso e do leve, criando uma conexão por meio de movimentos que sugerem a construção de pontes entre o fixo e o mutável.

Composições coreográficas e musicais navegam juntas entre cenas dramáticas, resultantes da performance envolvendo músicos – duas percussões, uma flauta transversal e uma mezzo soprano -, e bailarinos integrados a fragmentos de poemas do moçambicano Mia Couto, que estruturam o perfil melódico da obra.

A tecnologia está presente em todo o espetáculo por meio de sensores de movimento e difusão eletroacústica, que viabilizam sonoridades granulares a cada sutil deslocamento dos artistas em cena.

A proposta de criação do espetáculo tem origem em parcerias anteriores entre os professores e diretores Daniela Gatti e Jônatas Manzolli, ambos do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – Matizes (2013) e a Ópera multimodal Descobertas (2016), criada para celebrar os 50 anos da universidade.

O projeto também conta com a colaboração de núcleos de pesquisa de criação artística – Núcleo Dança REDES, GRUPU Grupo de Percussão Unicamp e NICS. Assim como a obra de Calvino, a montagem está estruturada em seis movimentos: Peso, Leveza, Transparência, Pêndulo , Pele e Multiplicidade. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Elenco

Bailarinos: Karina Almeida e Tutu Morasi
Músicos: Gabriel Rimoldi (meta-flauta), Laiana Oliveira (mezzo soprano), Rodolpho Simmel e Otavio Antoniacci (percussão)
Direção Coreográfica e Cênica: Daniela Gatti
Direção Musical: Jônatas Manzolli
Composição Eletroacústica: Jônatas Manzolli, Danilo Rossetti e Gabriel Rimoldi Direção do Grupo de Percussão da Unicamp (GRUPU): Fernando Hashimoto
Figurino: Dani Calicchio e Kaliane Tassi
Concepção visual: Kassius Trindade
Fotografo: Kassius Trindade
Iluminação: Eduardo Albergaria
Apoio técnico e estagiária: Giovana Herrera
Produçao: Cais das Artes
Realização:
PROAC – Governo do Estado de São Paulo
Apoio:
Departamento de Artes Corporais – Unicamp
Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora (NICS), Unicamp

Espetáculo multimodal “De uma margem a outra”
Programa de Incentivo à Cultura do Governo do Estado (PROAC 2017)
Dia 28 de junho (quinta), às 12h30
Dia 29 de junho (sexta), às 19h

Oficina no dia 29, das 14h às 17h
Inscrições para oficina: deumamargemaoutra@gmail.com

Local das apresentações: Sala AD01 Departamento de Artes Corporais
Rua Pitágoras, 500 – Cidade universitária – Unicamp
Entrada gratuita