O 5º Encontro de Juventudes da Rede Articula Juventudes (REAJU), que será realizado no próximo dia 28 de março na Estação Cultura em Campinas, tem como tema “A Perifa não pode parar de Sonhar”.

Os organizadores esperam a participação de 300 jovens. O evento terá diversas oficinas e os jovens devem fazer a inscrição pelo formulário neste link até dia 21 de março de 2018.

O tema do encontro surgiu da reflexão de jovens que participam da REAJU e que percebem a sociedade como um espaço de conflitos sociais e políticos que podem propiciar ou não ao jovem da periferia uma perspectiva de futuro.

Segundo os organizadores, o encontro tem o objetivo de promover aos jovens um espaço de aprendizado, reflexões, troca e construção de conhecimento e formação.

Nos últimos três anos de realização do encontro, cada evento mobilizou muitos jovens para as atividades que duram o dia todo. Nesta edição do dia 28, pela manhã, a programação terá uma Roda de Conversa cujo subtema “Shipando Sonho e Futuro” guiará as reflexões sobre as possibilidades de sonhar e de almejar um futuro, mesmo diante de muitos desafios nas comunidades em que vivem.

No período da tarde, a REAJU iniciará compartilhando suas principais ações para 2018.  Em seguida, com o subtema “Trolando a Violência na Perifa”, ocorrerão as oficinas, as quais serão ser realizadas por pessoas, sendo jovens ou não, organizações sociais, coletivos, movimentos sociais, movimentos culturais que atuam e já possuem um trabalho com as Juventudes em seus territórios.

O tema e subtemas do encontro são gírias comuns faladas pelos jovens. Perifa é uma adaptação de Periferia, nome dados aos bairros que ficam distantes do centro da cidade. Shipar significa unir duas partes de algo, de palavras e outros. Trolar significa enganar, perturbar algo. “Portanto pretende-se unir o sonho das Juventudes a um Futuro palpável e refletir e aprender sobre novas formas para vencer os desafios das violências sofridas pelas juventudes em suas Comunidades”, afirmam os organizadores.

A construção deste encontro tem a participação de profissionais que atendem as juventudes em Organizações e Movimentos Sociais no município de Campinas, além da participação de jovens que buscam a construção de Políticas Públicas de Juventudes na cidade.

5º Encontro de Juventudes

Quando: 28 de Março de 2018
Hora: das 08h às 17h
Local: Estação Cultura (Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº, Centro, Campinas-SP)

Inscrições para Oferecer Oficinas: pelo link https://goo.gl/forms/G1HzIiv7u4iIdKBZ2 até dia 21 de Março de 2018.
Inscrições para Participação: pelo site https://reaju.wordpress.com/ até dia 26 de Março de 2018.

Entrada: GRATUITA

Programação:
08h – Boas Vindas
08h30 – Café da Manhã
09h – Abertura
09h30 – Shipando Sonho e Futuro – Roda de Conversa
12h – Espaço Vez e Voz: Cante, Dance, Denuncie, recite sua Poesia ou mande um Salve para as Juventudes e Pausa para Almoço (por conta dos participantes)
13h – Ações REAJU 2018
14h – Trolando a Violência na Perifa – Oficinas Temáticas
15h30 – Pausa para o Lanche
16h – Roda de Trocas
16h45 – Encerramento

Mais informações:

Fones: 19 98106-7238/ 19 99234-6535 (Vanessa Dias)
19 98222-3457 (Cínthia Vilas Boas)
E-mail: reajusecretaria@gmail.com/ vanessadiascultura@gmail.com/ cinthiavilasboas@gmail.com
Site: https://reaju.wordpress.com/
Fanpage: https://www.facebook.com/redereaju/

 

REAJU

A Rede Articula Juventude (REAJU) é um coletivo formado por representantes de diversas organizações, que discutem, refletem e fomentam a construção e a melhoria da qualidade das políticas públicas para juventude, sob a perspectiva de incidir em políticas para promover os direitos já estabelecidos constitucionalmente às Juventudes.

Este coletivo se constituiu a partir do ano de 2012, com o nome de Grupo de Trabalho Interinstitucional e com ações voltadas para pesquisa de metodologias, formação, mobilização e articulação não só dos jovens, mas dos serviços que os atendem no município de Campinas. Acredita-se ainda que as juventudes darão continuidade aos processos que transformam a realidade na qual vivem, pois consideram os jovens sujeitos dessa transformação, entendendo que é apenas por meio de uma ação prática e crítica que outro mundo é possível. Sendo assim, a mobilização social é o seu principal meio de atuação, como forma de construir e planejar, na prática, espaços e ações de mobilização, participação, cidadania e busca da democracia.

Desde o ano de 2013, é realizado o Encontro das Juventudes, um encontro em que reúnem-se, além das juventudes, profissionais e gestores que as mobilizam, com o objetivo de prestar contas a sociedade sobre o que foi realizado durante o ano anterior, quais os debates, quais os aprendizados e até mesmo as problemáticas vividas no período, pela REAJU e o que está planejado para o ano vigente. Nos anos anteriores tivemos grandes participações de juventudes, educadores e profissionais que trabalham com a temática social.