Entre os dias 7 e 19 de março, o grupo de teatro Os Geraldos oferece, em parceria com o CIS Guanabara, a 5ª Jornada Teatral. Serão nove atividades durante treze dias de eventos gratuitos, entre espetáculos, oficinas, palestra e exibição de filme seguida de bate-papo.

A abertura do evento contará com uma convidada especial, a pedagoga, artista e pesquisadora italiana Francesca Della Monica, que ministrará a palestra “A Dimensão Gestual e Espacial da Ação Vocal” na terça-feira (7) às 19h. Sua formação mescla Filosofia, Arqueologia, Música, Teatro e Artes Visuais, o que oferece uma abordagem única do trabalho vocal, sendo considerada uma das mais renomadas especialistas neste campo.

Na quarta-feira (8) será a vez do curta-metragista Ramiro Rodrigues mediar o bate-papo “Interfaces entre Cinema e Teatro” acerca do filme “Sobre Eles e Nós”, espetáculo teatral que foi dirigido no palco por Os Geraldos e, no vídeo, por Rodrigues. O filme será exibido antes do início do bate-papo e terá início às 19h30.

Já na quinta-feira (9) às 19h, a atriz do grupo de teatro Os Geraldos Maíra Hérissé ministrará a oficina “Princípios da Improvisação”. Na sexta-feira (10) às 19h, mais um ator do grupo oferecerá uma oficina, desta vez será Lucas Gonzaga com “Aspectos da Voz para o Trabalho do Ator”.

No final de semana dos dias 11 e 12 (sábado e domingo) haverá a apresentação do espetáculo “Números”, pelo grupo de teatro Os Geraldos e dirigido por Roberto Mallet. O espetáculo é uma comédia em que um grupo de artistas mambembes se multiplica em diversas funções para apresentar uma série de números inspirados na tradição circense. No sábado, o espetáculo será às 20h30 e, no domingo, às 20h.

De segunda a quarta-feira (13 a 15) às 19h, Douglas Novais, ator e coordenador do grupo Os Geraldos, oferecerá a oficina “A Poesia do Ator: ofício e a formação do intérprete sob uma perspectiva clássica”. Na quinta-feira (16), alunos do Curso de Artes Cênicas da UNICAMP, sob a direção de Marcelo Lazzaratto, apresentarão o espetáculo “ELECTRA.doc”, serão duas sessões: às 18h30 e às 21h30.

Em “ELECTRA.doc”, a ágora grega, expressão máxima do conceito da esfera pública na Grécia Antiga, mistura-se ao campo tecnológico e ganha nova forma, novas dimensões, novas consequências. Filha do herói Agamêmnon, vitorioso nas batalhas da histórica Guerra de Troia, Electra aguarda por dez longos anos a volta de seu irmão, Orestes, para que, desse modo, eles executem um plano de vingança sanguinário. Observados pelas lentes atentas de nossos celulares, projetores e do coro – testemunha ocular dos fatos -, os irmãos se embrenham mais profundamente nos limites que circunscrevem a sorte de cada um, ação que pode levá-los a um desditoso fim.

Na sexta-feira e no sábado (17 e 18) às 20h30, os alunos do primeiro módulo do Curso de Formação de Atores 2016 apresentarão o espetáculo “A Cidade Perdida”. A história se inicia em uma região deserta, onde criminosos em fuga, movidos por sua ambição, constroem uma cidade arapuca, uma nação dos prazeres, à qual dão o nome de Mahagonny.

Encerrando a programação, no domingo (19) às 19h e às 20h30, haverá a apresentação do espetáculo “Ifigênia em Áulis”, por alunos do Curso de Artes Cênicas da UNICAMP e dirigido por Roberto Mallet. Sob o comando do rei Agamênon, a frota grega deve atacar a cidade de Tróia para resgatar a bela Helena, raptada pelo príncipe Páris. Não há vento, porém. O adivinho Calcas comunica a Agamênon o oráculo recebido da deusa Ártemis: para que volte a ventar é necessário que o rei sacrifique sua filha Ifigênia no altar da deusa.

Para as ações formativas, os interessados devem fazer a inscrição até segunda-feira (6), pelo e-mail cursoosgeraldos@gmail.com. Para os espetáculos, a distribuição de senhas acontecerá uma hora antes de cada apresentação. Todas as atividades são gratuitas. O CIS Guanabara oferece estacionamento gratuito. (Carta Campinas com informações de divulgação)

5ª Jornada Teatral
De 7 a 19 de março
Local: CIS Guanabara – Rua Mário Siqueira, 829 – Botafogo – Campinas – SP
Programação gratuita. Estacionamento gratuito
Ações formativas (palestra, bate-papo e oficinas): Inscrições pelo e-mail
cursososgeraldos@gmail.com
Espetáculos: retirada de ingressos uma hora antes de cada apresentação

PALESTRA “A Dimensão Gestual e Espacial da Ação Vocal” – ABERTURA
Dia: 7 de março (terça-feira)
Horário: Das 19h às 22h
Com Francesca Della Monica
20 VAGAS
Sinopse: “A Dimensão Gestual e Espacial da Ação Vocal” com Francesca della Monica: A palestra pretende apresentar aspectos da exploração da ação vocal em relação ao espaço cênico e à sua gestualidade, como um fenômeno antropológico e performativo. Em particular, pretende-se observar como a reação a um espaço físico, relacional e imaginativo pode interferir na dinâmica fônica e na superfície ressonante do corpo. Dessa forma, propõe-se o
estudo do espaço vocal, entendido como o campo de ação do movimento e do gesto vocal na voz falada e na voz cantada, na performance individual e coletiva, e como espaço de idealização tímbrica e expressiva.

EXIBIÇÃO DE FILME E BATE-PAPO “Interfaces entre Cinema e Teatro”
Dia: 8 de março (quarta-feira)
Horário: Das 19h30 às 22h
Com Ramiro Rodrigues
VAGAS ILIMITADAS
Sinopse: Estreia do filme “Sobre Nós e Eles”, dirigida no palco pelos Geraldos e no video por Ramiro Rodrigues, estudante de mestrado no tema; seguida de bate-papo com os participantes acerca das diferenças entre a peça vista ao vivo e o registro da peça filmada.

OFICINA “Princípios da Improvisação”
Dia: 9 de março (quinta-feira)
Horário: Das 19h às 22h
Com Maíra Hérissé
20 VAGAS
Sinopse: Introdução ao jogo teatral e aos princípios básicos da improvisação. O trabalho deve favorecer o treinamento do raciocínio cênico do ator improvisador, e o desenvolvimento do trabalho coletivo coeso para um melhor entendimento da cena.

OFICINA “Aspectos da Voz para o Trabalho do Ator”
Dia: 10 de março (sexta-feira)
Horário: Das 19h às 22h
Com Lucas Gonzaga
20 VAGAS
Sinopse: Desenvolvimento de noções básicas do trabalho vocal e corporal, voltadas ao trabalho do ator, passando por três eixos principais – consciência, técnica e expressão.

ESPETÁCULO “Números”
Dia: 11 e 12 de março (sábado e domingo)
Horário: Dia 11 às 20h30 e dia 12 às 20h
Com Os Geraldos, direção de Roberto Mallet
Sinopse: O espetáculo é uma comédia em que um grupo de artistas mambembes se multiplica em diversas funções para apresentar uma série de números inspirados na tradição circense.

OFICINA “A Poesia do Ator: ofício e a formação do intérprete sob uma perspectiva clássica”
Dia: 13 a 15 de março (segunda a quarta-feira)
Horário: Das 19h às 22h
Com Douglas Novais
VAGAS ILIMITADAS
Sinopse: O intuito da oficina é compartilhar alguns princípios da formação e do oficio do ator a partir de um cruzamento com alguns tópicos da filosofia clássica.

ESPETÁCULO “ELECTRA.doc”
Dia: 16 de março (quinta-feira)
Horário: 18h30 e 21h30
Alunos de Artes Cênicas da Unicamp – direção: Marcelo Lazzaratto
Sinopse: Em “ELECTRA.doc”, a ágora grega, expressão máxima do conceito da esfera pública na Grécia Antiga, mistura-se ao campo tecnológico e ganha nova forma, novas dimensões, novas consequências. Filha do herói Agamêmnon, vitorioso nas batalhas da histórica Guerra de Troia, Electra aguarda por dez longos anos a volta de seu irmão, Orestes, para que, desse modo, eles executem um plano de vingança sanguinário. Observados pelas lentes atentas de nossos celulares, projetores e do coro – testemunha ocular dos fatos -, os irmãos se embrenham mais profundamente nos limites que se circunscrevem a sorte de cada um, ação que pode os levar a um desditoso fim.

ESPETÁCULO “A Cidade Perdida”
Dia: 17 e 18 de março
Horário: 20h30
Alunos do primeiro módulo do Curso Intensivo de Formação de Atores 2016 – direção: Os
Geraldos
Sinopse: A história se inicia em uma região deserta, onde criminosos em fuga, movidos por sua ambição, constroem uma cidade arapuca, uma nação dos prazeres, à qual dão o nome de Mahagonny.

ESPETÁCULO “Ifigênia em Áulis” – ENCERRAMENTO
Dia: 19 de março
Horário: 19h e 20h30
Alunos de Artes Cênicas da Unicamp – direção: Roberto Mallet
Sinopse: Sob o comando do rei Agamênon, a frota grega deve atacar a cidade de Tróia para resgatar a bela Helena, raptada pelo príncipe Páris. Não há vento, porém. O adivinho Calcas comunica a Agamênon o oráculo recebido da deusa Ártemis: para que volte a ventar é necessário que o rei sacrifique sua filha Ifigênia no altar da deusa.