Estão abertas até o dia 20 de fevereiro as inscrições on-line para o curso livre de documentário audiovisual DOC 360°. As atividades, gratuitas, são abertas a todos os interessados, e terão início com uma aula-espetáculo no dia 21 de fevereiro, terça-feira, às 19h, na Sala Imagens de um Sonho, do Museu da Imagem e do Som de Campinas.

O DOC 360° é um processo formativo em audiovisual realizado como parte do Programa Educativo Pedagogia da Imagem, do Museu da Imagem e do Som de Campinas, em construção colaborativa com o CIS-Guanabara (Unicamp) e os coletivos culturais da cidade: Usina Geradora, Ponto de Cultura NINA, Coletivo de Comunicadores Populares, Coletivo Socializando Saberes, Coletivo Mídia Livre VaiJão, Casa de Cultura Tainã, Casa de Cultura Fazenda Roseira e Laboratório do Bem-Viver.

A edição de 2017 está dedicada ao tema “Elesbão: Memória e (re)existência na cidade escravocrata” e se dedicará à discussão e edição dos registros produzidos no “Cortejo Teatral Ancestral O Auto de Elesbão: a injustiça a serviço da elite” ocorrido em 2015 e 2016.

O programa inclui o aprendizado audiovisual (linguagem, técnicas de filmagem, edição) e a reflexão sobre os processos históricos que formaram a cidade de Campinas. O curso tem duração de 35 encontros de três horas/aula cada, realizados às terças-feiras, das 19h às 21h30, com encerramento em novembro. Serão fornecidos certificados de participação aos que completarem o percurso formativo. Não é necessário conhecimento prévio em filmagem ou edição de vídeo.

As inscrições devem ser feitas neste formulário.

O Museu da Imagem e do Som de Campinas fica na Rua Regente Feijó, 859, Centro. Informações pelo e-mail labdobemviver@gmail.com. (Carta Campinas com informações de divulgação)